Notícia

26 mai Hospital Português promove ação de sensibilização no Dia Mundial sem Tabaco

Fumar pode ocasionar mais de cinquenta doenças graves, progressivas e potencialmente fatais ao fumante e a quem está próximo de quem fuma. No Dia Mundial sem Tabaco, 31/05, o Real Hospital Português inicia uma grande campanha antitabagista com o objetivo de estabelecer o fumo zero dentro da Instituição. O pontapé será uma ação de esclarecimento e conscientização nesta quarta-feira, das 9h às 13h, em sua recepção central.

Levando em consideração que circulam pelo Hospital mais de 3 mil pessoas/dia e cerca de 2.500 colaboradores/dia, a proposta da ação, coordenada pelo Ambulatório de Beneficência Maria Fernanda, é realizar um trabalho de sensibilização com esse grande público. Colaboradores, pacientes, acompanhantes e transeuntes serão convidados a responder um questionário, com intuito de levantar o nível de entendimento da população acerca do cigarro e do fumo passivo.

A equipe do Real Pneumo, liderada pelo médico Blancard Torres, fará uma triagem para identificar fumantes ativos e passivos que necessitem de uma consulta com o pneumologista e/ou realizar exames como aferição da pressão arterial, oximetria de pulso e espirometria. Também serão distribuídos panfletos com orientações sobre os malefícios do fumo.

Segundo o Blancard, o simples contato com a fumaça do cigarro, muitas vezes até imperceptível para o indivíduo, pode levar a reações agudas simples como irritação nos olhos, obstrução nasal, dor de garganta, tosse e desconforto ao respirar, mas também condições potencialmente fatais como crises de asma, arritmias cardíacas, picos de hipertensão, infarto agudo do miocárdio até câncer. “A educação da população passa a ser a palavra chave. É preciso entender o porquê do fumo ter que ser banido da sociedade, especialmente do contato de quem fez a excelente opção por não fumar”, orienta.

O Ambulatório Maria Fernanda mantém um Grupo de Tabagismo às quintas-feiras, às 11h, para apoiar fumantes que desejam largar o vício, com suporte de uma equipe multiprofissional composta por pneumologista, psicólogo, assistente social e enfermeiro. Para participar, o interessado passa por uma triagem social tabagista e, estando no perfil do grupo, será direcionado aos encontros. Informações no telefone 3416.1494  (das 7h às 13h).